sexta-feira, 27 de abril de 2012

...

"E enquanto as pessoas estão esperando esse "alguma coisa", eu estou aqui me perguntando se isso poderia vir de mim. Sabe? Se sou eu a pessoa que caminha pra preencher esse espaço vazio e tão esperado. Porque às vezes as coisas se tornam mais simples quando assumimos o nosso lugar no mundo. Porque de vez em quando, nós não paramos porque somos fracos ou desistimos. Parar também é destino. Seguir em frente revigorado também faz parte do script. Eu ergui a cabeça de leve, e aqueles olhos estavam todos esperando uma reação qualquer que saísse do meu corpo. Expectativa. Eu não poderia dar uma notícia daquelas. Não poderia simplesmente dizer: Não sou o que vocês esperam. Depois de longa e silenciosa pausa, abri de leve os lábios e deixei escapar o som de um sim. A festa seguiu-se pura, e eu, desconsertada."