segunda-feira, 6 de agosto de 2012

N'outro lugar

E então eu tive esse sonho-viagem. Foi hoje. Quem me conhece sabe de que tipo de sonho eu estou falando, e de como é raro me lembrar. E ainda de como eu fico feliz quando tenho essa possibilidade.
Estávamos tendo oportunidade maravilhosa de assistir palestras de inigualável conteúdo. Palestras avançadas, treinamentos de como doutrinar n'outro lugar, levando mais arte, mais vida.
Era um prédio imenso, com largos e brancos corredores. Tinham dormitórios também, mas eu em minha enorme inocência (ou memória limitada) demorei para notar que ninguém tinha cama definida, e que só deveríamos nos deitar para "dormir" quando fosse a hora de acordar.
Tinha tanta, mas tanta gente ali, e a novidade desta vez, foi que pude avistar muita gente conhecida, e até trocar alguma palavra.
Era corrido. Logicamente mais corrido do que aqui. Em cada minuto estávamos absorvendo coisas novas. Mas ninguém se cansava, parecia ser um evento muito importante e esperado por todos que estavam presentes. Uma das últimas coisas que me lembro de ter visto foi uma sala de pintura. Ficava meio escondida, numa porta quase que imperceptível. Cada um estava lá para aprender uma coisa diferente, e por uma razão diferente, trazendo-a para cá conscientemente ou não.
Só posso dizer que em minha memória, foi belo por demais! Fico feliz em tê-los reconhecido. Não me lembro de todos, mas pode ser que eu vá me lembrando no decorrer do dia, ou da semana, ou do mês...
Não sei como está cada um, e tampouco sei de quem acredita... Mas estamos fortes, estamos bem. Isso é algo que eu escolheria todo dia: "lembrar...".